segunda-feira, novembro 27, 2006

O que somos sem elas?

Aqui apresento outro site sobre animação. Ele é ótimo para apresentar sua fotos e imagens. É só se cadastrar e fazer upload das fotos. Clique no link abaixo. Experimente!

Um mundo para conquistar!
Um mundo para mudar!


domingo, novembro 05, 2006

Blog do livro (Contos)

Puxa vida! Mais um blog? Sem dúvida... são muitas as possibilidades! Você professor, já pensou em ler um livro com sua turma e criar o blog do livro? O blog apresentando os capítulos, pensamentos, opiniões sobre o conteúdo e personagens do livro? Além disso, pode apresentar uma pesquisa sobre o autor do mesmo. Tudo isso no blog! Como fazer?
  1. A escolha do livro é de sua responsabilidade, professor. Então escolha um livro interessante! Às vezes aquele livro que parece chato, um clássico, meio obrigatório por fazer parte da coleção indicada previamente, pode se transformar numa tarefa alegre e palpitante!
  2. Organizar a criação do blog entre eles, distribuindo responsáveis por partes e comentários.
  3. O trabalho em grupo é sempre bem vindo quando todos participam... até na redação do capítulo no blog.
  4. As possibilidades são variadas assim como a criatividade. Difícil direcionar passos para essa atividade. Libere suas idéias e deixe fluir de forma leve, pois a leitura do livro deve ser prazerosa.
  5. Se tiver mais de um livro na turma para ser lido, ou de outras turmas, compartilhe endereços e comentários!!
Bom blog!

Para saber mais:
Poesias
Parlendas
Cecília Meireles
Literatura infantil

Blog de eventos pedagógicos

Esse blog tem muitas características jornalísticas. Pode ser feito de diversas formas e deve ser muito bem planejado. Os eventos na escola são muitos e tem um que pode e deve ser bem explorado ao construirmos o blog. Por exemplo: uma excursão ao zoológico, ao museu, uma visita a um hospital, aos bombeiros, ao parque etc. A cobertura da Feira de Ciências na escola, da Exposição, da festa junina, de competições desportivas, da formatura e encerramento, enfim, tantos eventos podem e devem ser destacados num blog. Como fazer?

BLOG DO EVENTO
A primeira coisa a fazer é o planejamento das funções: quem vai fazer, tirar fotos, escrever sobre determinado assunto, acompanhar visitantes, destacar assuntos, ser o redator, ser o editor, fazer a finalização etc.
São muitas as tarefas! Temos que fazer a distribuição no sentido de nada ficar de fora! Tudo tem que ter cobertura jornalística!
  1. Fazer o planejamento, de preferência envolvendo os alunos e professores.
  2. Distribuir as tarefas de cobertura. Se tiver o evento mais de um dia, atualizar diariamente e divulgar o endereço aos participantes previamente. Assim, poderão ficar atentos e fazer os comentários.
  3. O blog pode ser ao final do evento podendo ser elaborado por grupos de alunos por tema ou tópico. É importante envolver os alunos em todo o processo de redação.
  4. Se mais de uma turma fizer o blog é importante divulgar os endereços para compartilhar.
  5. Esse tipo de blog pode ser uma boa forma de comunicação com a comunidade. Envolva os pais nessa construção, postando entrevistas, depoimentos e opiniões.
Bom blog!

Para saber mais:
Blog de eventos de uma escola


Blog do Aluno

Aqui o problema começa com o acesso ao computador. Sabemos que na maioria das escolas brasileiras o computador não existe ou quando existe não está funcionando e nem possibilita o acesso aos alunos. Bem, são raras as escolas públicas que tem um laboratório na escola e que tem uma rotina de acesso dos alunos ao computador. Mas, não podemos de deixar de vislumbrar o mundo de possibilidades que existe no uso do blog por aluno. Vamos conhecer?

BLOG DO ALUNO

A possibilidade dos alunos utilizarem o blog para registrar seus avanços, seus estudos, pesquisas, fatos relevantes etc, é uma forma segura de produzir conhecimento. Para o aluno é um hábito que vai se converter em criatividade, análise e síntese de tudo que ele vivenciar!
A escrita de artigos curtos, diretos e usando o blog para expressar corretamente a linguagem em nossa sociedade atual, é de grande valia e possibilidades. Além disso, se torna motivante ver nossa produção na internet, de forma fácil e acessível.
Se você professor, tem acesso ao computador que possibilite a criação por seus alunos de blog, então:
  1. Comece por discutir com eles qual o objetivo de um blog e como podemos nos expressar neles. Destaque que precisamos ser claros e objetivos para que o nosso leitor entenda a mensagem e se motive em ler todo o conteúdo. Explore a criatividade! Os blogs são diferentes!
  2. Os nomes dos blogs e as fotos podem ser diferenciados, depende de como vocês vão se organizar. Pode-se fazer um rodízio entre os alunos para tirar as fotos. Não precisa centralizar isso no professor!
  3. Lembre-se que você deve conhecer o endereço de TODOS os blogs dos seus alunos, para poder fazer a moderação e postar os comentários. Não esqueça de divulgar entre eles o endereço, pois poderão fazer comentários nos blogs dos colegas.
  4. Divulgue esse trabalho para os pais dos alunos, para que eles também os incentivem e façam os comentários que motivem e orientem.
  5. Para não perder o folêgo, eleja um blog por semana ou quinzena que será apresentado na turma! Eles vão adorar!
  6. Esse blog pode ser por você um ótimo instrumento de avaliação, pois apresenta todo o percurso e na visão do aluno. Que mais você pode desejar?
Bom blog!

Blog da Turma

BLOG DA TURMA
O blog da turma tem as mesmas características do blog da escola. Exige uma preparação prévia e envolvimentos dos atores no processo, como pais, professor, alunos e direção da escola e autorizações prévias para as imagens das crianças aparecerem na rede, assim como a organização de eventos relevantes.
Lembre-se que ele será o diário da sua turma e seu Portafólio. A coleção das atividades que você vai desenvolver na sua turma e o que você vai publicar, depende do que quiser destacar. Claro que se optar por fazer diariamente a postagem, vai exigir uma carga de trabalho imensa! Assim, a melhor opção é selecionar os fatos mais importantes e relevantes.
  1. Envolva os alunos na escolha do nome do blog. Eles vão adorar fazer isso!
  2. Nesse blog você deverá localizar os leitores para onde ele está situado até chegar a falar sobre a turma de forma geral. Pode sempre envolver seus alunos nesse debate. Comece pelo planeta Terra ou o continente sul-americano. Coloque as imagens correspondentes.
  3. A seguir, identifique seu país e estado. Fale sobre ele. Os alunos também poderão construir esse texto de forma cooperativa.
  4. Agora é hora de apresentar a sua escola. Qual é a história dela no seu contexto. Fundação, primeiros mestres, situação atual etc, muitas coisas aqui podem ser relatadas. Uma viagem de resgate da história da sua escola!
  5. Sempre que tirar fotos, discuta com eles a que eles gostariam de visualizar. No começo é meio confuso, mas depois verão a importância de selecionar boas fotos para retratar a mensagem.
Bom blog!

Para saber mais:
Blogs de turmas
Exemplo de blog

Blog da Escola

O que eu quero fazer? Como eu quero fazer? Para que eu quero fazer? Isso exige uma resposta e bem planejada! Podemos usar os blogs na educação de diferentes formas, pois dependerá dos objetivos que queremos. Vamos pensar juntos? Vejamos... Eu quero um blog para minha escola e postar as atividades que eu vou fazer durante o ano letivo.

BLOG DA ESCOLA

Como estruturá-lo?
  1. Estabeleça os objetivos. Vai ajudá-lo a pensar o que vai postar e já ir tirando as fotos necessárias.
  2. Lembre-se que o blog começa sempre da primeira postagem para cima, então organize os eventos de forma que apareça na ordem cronológica que você deseja.
  3. Lembre-se de envolver sua equipe de trabalho e a comunidade, pois um blog na internet abre a possibilidade de comunicação entre interessados.
  4. Na administração do seu blog deixe que se poste comentários, que podem ser visíveis ou não, depende de como você deseja. O comentário é a forma de interação mais participativa que tem.
  5. Divulgue em reunião com os pais o Blog dando seu endereço e convide todos para acompanhar as atividades desenvolvidas durante o ano letivo. Aproveite para pedir permissão de colocar as fotos dos alunos na internet, pois alguns pais poderão se assustar ao verem seu filho(a) na net!!
  6. Atualize sempre! Não deixe de estar sempre postando eventos, pois quem o acompanha deixará de fazê-lo se não estiver atualizado. Além disso, perde-se a credibilidade pelo trabalho proposto.
Bom BLOG!
Conheça um exemplo de blog na escola:
Colégio São Luis

Passos para fazer um BLOG:

sábado, novembro 04, 2006

As funções do blog...

Blog!
Os weblogs são ambientes simples, não necessitam de hospedagem em servidor próprio, são abertos à intervenção e componíveis com outros ambientes como chats, fóruns e listas de discussão. Podem ser usados em qualquer computador com conexão à internet. Não são ambientes estáticos, com formato definido.
Podem ser construídos e modificados segundo as necessidades de professores e alunos, autores e organizadores do seu espaço.
Parece que é saída! É fácil, acessível e possibilita mil coisas, vamos conhecer?
A primeira coisa a fazer é pensar: quais são os objetivos do meu blog?
Os blogs pedagógicos, como já vimos anteriormente, servem para:
  • Apresentar informações e imagens: podemos fazer um blog para apresentar aos pais, como desenvolveu a Feira de Ciências da escola, como foi o passeio ao Zoológico, como foi a excursão as cavernas etc. Podemos também relatar uma reunião, um evento e outros. O importante é não deixar de destacar os itens fundamentais e agregar imagem a notícia.
  • Concentrar dados: podemos fazer um diário da nossa turma, de nossa escola, de nossas atividades do ano letivo etc.
  • Destacar assuntos: para destacar alguma atividade específica e única, pois possibilitar detalhar melhor determinada ação pedagógica desenvolvida, como uma pesquisa numa turma, com um aluno, numa escola etc.
  • Compartilhar: Essa talvez seja a melhor função que o blog possibilita, pois não existe distância e tempo que impessa a aproximação entre autores. Podemos trocar blogs entre escolas, alunos, fatos, professores, temas, países etc. Existe uma quantidade imensa de partilha e colaboração na "blogosfera"!
Depois disso, pode ter certeza que ainda existem outros objetivos para criar um blog!

Para saber mais:
Texto sobre Blogs

Onde fazer um blog gratuito?

Blogger.com
http://www.blogger.com
Site que fornece os endereços http://nomedoblog.blogspot.com é gratuito mas o usuário precisa ter conta em outro servidor para hospedar as imagens que vai utilizar. Cadastro em português e demais funções em inglês.

Blig
http://www.blig.com.br
Serviço gratuito mas é necessário cadastrar-se no portal IG. Não é possível utilizar outros templates além dos oferecidos pelo site. Limite de espaço 1Mb de espaço para envio de arquivos. Só é possível realizar um post por dia e, cada post, pode ter apenas 3 comentários, também, por dia.

Blog – Uol
http://blog.uol.com.br
O usuário recebe um endereço no seguinte formato http://nomedoblog.zip.net. Gratuito, é necessário apenas se cadastrar como visitante (assinantes Uol tem maior espaço de armazenamento e outras vantagens) e aguardar a chave de ativação por e-mail (cuidado com o registro do e-mail, ele precisa ser válido).

Big Blogger
http://www.bigblogger.com.br
Gratuito. Possui postagem por e-mail, número ilimitado de posts por dia, mural de recados, estatística de acesso, humor do dia, perfil, enquete, proteção do blog por senha, controle dos comentários, etc.

Via Blog
http://www.viablog.com.br
Gratuito. 1Mb de espaço de armazenamento. Podem ser enviadas imagens para o banco de imagens e podem ser usados templates de outros sites. Não dispõe de editor de humor, editor de links, nem nenhuma outra funcionalidade (tudo precisa ser editado no código) com exceção dos comentários que são inseridos automaticamente. Interface de envio de post é simples de usar.

Sapo.pt
http://blogs.sapo.pt
Site gratuito de Portugal. O cadastro é obtido através de inscrição que dá direito a um e-mail no Sapo.pt e a um passaporte (NetBI) que permite acesso a todos os serviços do portal. Há a possibilidade de ajustar o fuso-horário do site. É possível editar a ordem dos posts (crescente ou descendente), permitir o envio de comentários moderados ou não, editar o código do template, editar listas de email que receberão notificação quando o blog for atualizado.


Bloger do Brasil
http://www.blogs.com.br
Site gratuito. Oferece domínio. Tem uma boa orientação no menu.

Blogs pedagógicos

Professores e alunos devem estar preparados para esta sociedade cada vez mais dinâmica, por isso da importância da atualização permanente, sempre pronto a aprender a aprender. A mudança deve começar na escola através de uma abordagem construtivista de utilização de novas tecnologias onde o aluno possa construir novos saberes através do trabalho coletivo através do fazer junto com o outro buscando uma comunidade de troca e construção de saberes.
O Blog pedagógico propõe uma abordagem diferenciada onde professores de diversas
modalidades de ensino sejam capacitados a serem co-autores de atividades e assuntos que podem ser abordados com os alunos ao mesmo tempo que vão criando domínio da ferramenta. Os professores em seus projetos colocam questões críticas para análise que envolvam os alunos a refletir e buscar soluções para resolver problemas buscando autonomia e interação constante entre ambos formando uma teia de novos conhecimentos através da cooperação, ou seja, partilha de novos conhecimentos. Assim, professores e alunos tornam-se parceiros de aprendizagem, um interagindo com o outro, revendo e construindo aprendizagens juntos. O blog registra de forma dinâmica todo o processo de construção de novos saberes substituindo o antigo paradigma linear onde professor ensina e aluno aprende sem nenhuma interação. O professor é o mediador de todo o processo levando o aluno a alcançar a autonomia necessária para aquisição de aprendizagens significativas. Segundo Gutierrez ( 2004 ), os blogs sintetizam este espírito de cooperação e interação através de projetos educacionais que desencadeiam entre os participantes o exercício da expressão criadora crítica, artística e hipertextual. Pela sua estrutura, permitem o exercício do diálogo, da autoria e co-autoria, inclusive na alteração da própria estrutura. Eles possibilitam, também, o retorno à própria produção, a reflexão crítica, a re-interpretação de conceitos e práticas. Os blogs por apresentarem uma estrutura dinâmica de trabalho favorece a busca de informações autônoma e crítica. Sintetiza todas as fases de um trabalho de pesquisa ou projeto desde a criação, passando pelas fases de desenvolvimento, implementação, execução bem como as considerações finais mostrando o todo do processo.

Para saber mais:
Texto sobre o Blog e suas possibilidades.

Veja o vídeo sobre: PEDAGOGIA DO BLOG


Quem são os autores dos blogs?

Quando se procura uma explicação para o fato de mais de 500 mil pessoas se dedicarem à manutenção de blogs, a resposta é quase sempre a mesma: esta multidão sem rosto encontrou nos diários virtuais uma voz.

Os blogs oferecem um meio por onde os “simples mortais”, ausentes dos meios de comunicação tradicionais, podem expressar-se e serem compreendidos por inúmeras pessoas.

Algumas destas pessoas optam por permanecer sem rosto, ou seja, decidem manter a sua identidade verdadeira em segredo, o que potencializa ainda mais a característica anárquica e libertadora dos blogs. Uma pessoa escondida atrás de um ecrã de computador, ao abster-se de revelar o seu nome, pode expressar-se da maneira como desejar, sem riscos significativos de sofrer retaliações diretas.

Por outro lado, muitos autores de blogs, ou “bloggers” querem mesmo é a notoriedade, opinar e serem reconhecidos pelos seus leitores, de modo a obter uma satisfação que ultrapasse as fronteiras do mundo virtual.

Outro fenômeno interessante é que os autores de blogs são também ávidos leitores de blogs alheios, o que cria uma comunidade particular. Eles partilham informações, utilizam um mesmo vocabulário cheio de novos significados e já criam eventos para se encontrarem fora do “mundo virtual”.

São raros os bloggers que não oferecem na sua página links para outros blogs que considerem interessantes, como forma de recomendá-los aos seus leitores. Por isso, para um blogger, ter amizades com muitos outros bloggers vale ouro quando o que se quer é aumentar o número de visitantes.

Fonte: F. Costa

Qual é a história dos blogs?

Alguns pesquisadores da história do blog afirmam ter sido usado pela primeira vez em Dezembro de 1997, por Jorn Barger (também autor de um dos primeiros FAQ (frequently asked questions sobre o tema) para descrever sites pessoais que fossem actualizados frequentemente e contivessem comentários e links.

Os weblogs originais eram uma mistura em proporções originais de ligações, de comentários, pensamentos e trabalhos pessoais.

Estes poderiam apenas ser criados pelos pessoas que já sabiam construir um Website.

No entanto, há quem afirme que o primeiro weblog foi o primeiro website, o site construido por Tim Berners-Lee quando criou a Web, o qual, felizmente, ficou arquivado no World Wide Web Consortium.

Segundo Primo ( 2005 ), os primeiros weblogs eram baseados em dicas de links e websites pouco conhecidos com comentários. Tinham os moldes de uma publicação eletrônica de expressão individual. Hoje já funcionam como publicações coletivas de posts com comentários abertos para qualquer participante que deseja se integrar nesta rede. Tanto os posts como os comentários podem ser habilitados e desabilitados no Blog para outras pessoas interagirem ou não, depende da metodologia de utilização que cada grupo definir.

Há pouca informação disponível sobre a história do blog. Provavelmente, é por esta razão que ainda existem várias teorias sobre o primeiro blog publicado.

Fonte: F. Costa.

O que é um blog ou webblog?

O Blog é uma abreviatura simpática que os internautas criaram para o termo inglês "weblog". Trata-se de uma página web atualizada frequentemente, composta por pequenos parágrafos apresentados de forma cronológica. É como uma página de notícias ou um jornal que segue uma linha de tempo com um fato após o outro. O conteúdo e tema dos blogs abrangem uma infinidade de assuntos que vão desde diários, piadas, links, notícias, poesia, ideias, fotografias, enfim, tudo que a imaginação do autor permitir. É disto que vem o seu dinamismo. Usar um blog é como mandar uma mensagem instantânea para toda a web: uma pessoa escreve sempre que tiver vontade e todos os que visitam o seu blog têm acesso ao que ela escreveu. São vários os blogs pessoais, que exprimem ideias ou sentimentos do autor. Outros são resultado da colaboração de um grupo de pessoas que se reúnem para actualizar um mesmo blog. Alguns blogs são voltados para diversão, outros para trabalho e há até mesmo os que misturam tudo. Os blogs são também uma excelente forma de comunicação entre uma família, amigos, grupo de trabalho, ou até mesmo empresas. Eles permitem a comunicação entre grupos de forma mais simples e organizada do que através do e-mail ou grupos de discussão, por exemplo. Até aqui, descreveu-se a componente lúdica da ferramenta Blog. No entanto, sob o ângulo da sua funcionalidade, o blog diferencia-se de todas as outras formas de relacionamento virtual (e-mail, chats, instant messages, listas de discussão, etc) justamente pela sua dinâmica e interação possibilitadas pela facilidade de acesso e de atualização. Possíveis traduções para o termo BLOG:
  • blog (linguagem mundial)
  • blogue (Português)
  • diário (virtual)
  • journal (diário em inglês)
  • placard
  • quadro
  • registro (registro no Brasil)
Os serviços mais conhecidos a nível mundial são o Blogger e o WordPress. No Brasil são o Blogs.com.br, Blig, UOL Blog, Blogger e o Weblogger. Em Portugal são o Blogs no Sapo e o Weblog.com.pt. Pelas suas características gerais, o blog parece que trouxe vida à Web, ao ponto de muitos analistas e utilizadores considerarem que este novo modo de comunicação e de relacionamento virtual tornou-se uma mania na Web. Outros consideram o blog como o futuro da publicação de escritos pessoais. Alguns mais entusiastas chegam a designar o blog como a versão on-line de uma renascença digital, dado o potencial que enxergam nesta ferramenta que começou com a humildade da simples ideia de diário pessoal e guia de sites on-line. Outros mais, conceituam o blog como um laboratório de escritos criativos, cujo principal objectivo é oferecer à comunidade de escritores e leitores um local virtual onde possam se encontrar e interagir, trocando experiências, motivações, ideias e informações sobre temas de mútuo interesse. Poderia, assim, ser considerado, pois, uma incubadora de comunidades de internautas com interesses comuns. Tendo isto em conta, que tal criar um blog privado para a sua equipe de trabalho discutir projetos e apresentar soluções ou mesmo um blog familiar para que seus parentes troquem notícias e fotos a todos os membros? Vamos conhecer as várias possibilidades?
Fonte: F. Costa